CIF autua seis estabelecimentos irregulares no fim de semana

Entre a noite de sábado (29/01) e a madrugada de hoje (31/01), os agentes da Central Integrada de Fiscalização (CIF) autuaram seis estabelecimentos irregulares nas zonas norte, leste, oeste e centro-sul de Manaus. Ao todo, foram fiscalizados 13 locais, entre bares, restaurantes e casas de shows.

Além de verificar as documentações obrigatórias, como alvará de funcionamento e licenciamento dos estabelecimentos, e o cumprimento das medidas de prevenção da Covid-19, como distanciamento social, uso de máscara e álcool em gel, os agentes vistoriaram a apresentação da carteira de vacinação, medida estipulada no decreto governamental.

No sábado, os estabelecimentos Divino Restobar, Cervejaria do Barba e Tenda Hall foram notificados pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM) por não possuir alvará de funcionamento e outras irregularidades.

A festa “Vem pro Cabaré”, no bairro Jorge Teixeira, teve suas atividades encerradas por aglomeração de pessoas. No domingo (30/01), a casa de festas K4 Lounge, na zona centro-sul, foi encerrada por aglomeração de pessoas. A casa de pagode Andanças de Cigano foi autuada pela Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus) por não respeitar o decreto governamental.

Ainda no domingo, a polícia militar realizou a condução do proprietário da Cervejaria do Barba  para o 6° DIP, por desrespeito à ordem da interdição e por não cumprimento das normas do decreto estadual. No local, oito veículos receberam autuação do Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU) por estacionar irregularmente.

Após aproximação do comboio da CIF, o público que estava na Associação dos Vaqueiros do Amazonas, no bairro Tarumã, se evadiu do local. Diante do fato, o evento foi encerrado.

No posto Atem, na avenida do Turismo, a equipe da CIF recebeu uma denúncia de que havia aglomeração no local. A loja de conveniência encerrou suas atividades, e os agentes da CIF permaneceram no estabelecimento para evitar o retorno.

CIF – A CIF conta com o apoio dos agentes das Secretarias Executivas Adjuntas de Inteligência e Operações (Seai) e (Seaop), das polícias Civil e Militar (PC-AM e PMAM), Corpo de Bombeiros (CBMAM), agentes da Vigilância Sanitária Municipal (Visa Manaus), Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e Instituto Municipal de Mobilidade Urbana (IMMU).

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

%d bloggers like this: