As máscaras caíram: Comitê desobriga uso em locais fechados

E, chegou o dia mais esperado para muitas pessoas nos últimos dois anos: a desobrigatoriedade do uso de máscaras em locais fechados foi anunciada pelo Comitê Intersetorial de Enfrentamento da Covid-19 do Governo do Amazonas, diante da entrada do estado na fase verde da pandemia, isto é, quando há risco muito baixo da doença. O anúncio foi feito pelo Governador do Amazonas, Wilson Lima, em live realizada na manhã desta quarta-feira(23). “Nós temos números epidemiológicos favoráveis, os números de internações diminuíram significativamente. O estado do Amazonas tem a menor taxa de letalidade do país. Estamos recomendando a desobrigação do uso de máscara, mas é importante que as pessoas entendam, e nós vamos continuar vacinando, que a vacina é a arma mais importante contra a Covid-19”, disse o governador. A ressalva, porém, permanece para as pessoas com comorbidades ou em grupos de risco. O monitoramento dos indicadores da pandemia, tanto de vigilância epidemiológica quanto da rede assistencial, permanecerá sendo feito pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e a Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP). “Vamos continuar monitorando, a pandemia ainda não acabou. Essa é uma nova fase”, disse o secretário da SES-AM, Anoar Samad. A Matriz de Avaliação de Risco da Covid-19, elaborada pela FVS-RCP considerou seis indicadores, analisados nos últimos 14 dias, para tomar a decisão de indicar a suspensão do o uso de máscaras em locais fechados: previsão de esgotamento de leitos de UTI; variação do número de óbitos por SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave); mortalidade por SRAG; variação do número de casos de SRAG; incidência de casos por SRAG; e taxa de positividade para Covid19. O Amazonas é o último do país no ranking de letalidade, com 0,2 – a taxa considera a proporção entre o número de mortes pela Covid-19 e o número total de casos positivos. São Paulo, onde o uso de máscara está desobrigado incluindo em locais fechados, apresenta taxa de letalidade igual a 1,6. O Amazonas tem a segunda menor taxa de mortalidade do país, com 7,5, sendo a média nacional igual 18,2. Os dados são do Ministério da Saúde. Quanto às internações por Covid-19, a SES-AM aponta que a ocupação de leitos clínicos está em 12% e de Unidades de Terapia Intensiva (UTI) em 22%. Hoje, 58 municípios do Amazonas não têm registro de internações por Covid-19. Recomendação – O comitê recomenda, ainda, que devem seguir usando máscara quem tem mais de 70 anos, imunossuprimidos e pessoas que apresentam sintomas gripais. Vacinação – Segundo a FVS-RCP, o Amazonas apresenta 81% de cobertura vacinal com segunda dose e 35,6% com a primeira dose de reforço. “Para que nós continuemos avançando, para não retroceder, é importante que todos também façam a sua parte e se vacinem. Nós temos aí todos os imunizantes disponíveis em todo o estado do Amazonas. Então procure um posto de saúde”, disse a diretora-presidente presidente da FVS-RCP, Tatyana Amorim.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

%d bloggers like this: