Comando Vermelho incendeia ônibus em Manaus

Enquanto o Corpo de Bombeiros informa que foram 17 ônibus e micro-ônibus, Sinetram informa que foram incendiados apenas 7 veículos

Durante a madrugada, 17 ônibus foram incendiados em protesto a morte do traficante Erick Batista Costa, o “Dadinho”, 30, que morreu durante confronto com policiais da Rocam, na rua Itaitê, no bairro Novo Aleixo, zona Norte de Manaus. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o chamados para conter os incêndios começaram por volta da meia noite do sábado(5).

Pelas redes sociais mensagens circulam avisando que as pessoas não saiam de casa durante este domingo(6). Segundo a mensagem, os traficantes avisam que irá ocorrer uma grande matança e quem for pego nas ruas e bares será executado. O recado teria sido enviado por membros do Comando Vermelho. A Polícia Civil está apurando o caso.

Sinetram

Ao contrário das informações repassadas pelo Corpo de Bombeiros, que indicam 17 ônibus incendiados, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas – Sinetram indicou em nota que apenas 7 ônibus foram incendiados. A reportagem aguarda parecer conclusivo sobre a qualidade de ônibus destruídos.

nota

O Sinetram repudia os atos de vandalismo ocorridos nas primeiras horas deste domingo (06/06), em que 7 ônibus do transporte coletivo foram incendiados dentre outros atos violentos.

A violência das ações, aparentemente de caráter terrorista, causou pânico nos operadores do serviço, pois há relatos de grupos encapuzados e armados praticando tais atos, sendo que, por isso, toda a frota foi recolhida.

Atos dessa natureza, além de serem crimes de dano e ilícitos civis, visam disseminar o medo e inviabilizam o serviço essencial.

Diante desse cenário, os maiores prejudicados são o usuário do transporte coletivo e os trabalhadores do sistema de transporte cujas vidas estão em risco.

Por fim, pedimos às autoridades públicas competentes imediatas e urgentes providências para a identificação dos criminosos e para a cessação da onda de violência a fim de que seja viabilizada a normalização do serviço essencial de transporte coletivo.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: