Rio Negro supera recorde e chega a 30 metros

Os manauaras acordaram, neste sábado (5) com um novo recorde histórico do Rio Negro. O nível do principal afluente do Rio Amazonas atingiu 30 metros, de acordo com as medições do Porto de Manaus. Além de ultrapassar as previsões dos especialistas, o novo índice do rio causa preocupação, uma vez que parte do centro da cidade já está tomado pelas águas do rio.
O Rio Negro já marcou sua história em 2021 na última terça-feira (1), quando ultrapassou o então recorde da cheia de 2012, que a época fechou com a marca de 29,97 metros. Hoje, a marca de 2021 é considerada a maior cheia em 119 anos, tornado ainda mais emergencial a situação da cidade de Manaus.

Um total de 4 mil famílias foram atingidas pela cheia e tiveram prejuízos com a subida dos rios. Ainda segundo dados da Defesa Civil, os bairros mais atingidos são Glória, São Raimundo, Presidente Vargas, Santo Antônio, Aparecida, São Geraldo, Crespo, Mauazinho, Betânia, Raiz, Tarumã, Colônia Antônio Aleixo e Puraquequara. O centro da cidade é um cenário para demonstrar o quanto o nível do rio está preocupante, causando inclusive prejuízos para os comerciantes da área.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: