Cheia do Rio Negro vira atração turística

Manauaras aproveitaram o domingo para registrar fato histórico.

Moradores de Manaus saíram de casa para registrar a cheia história de 2021, no Centro da cidade, na manhã deste domingo (30). Francisco das Chagas, 82, que acompanha o fenômeno desde 1953, não deixou a oportunidade passar de testemunhar mais um recorde da natureza. “Manaus, em 53, ainda era considerada um porto de lenha. Me sinto feliz de acompanhar tantos momentos históricos”, disse.

Francisco afirmou, ainda, que também se felicitou devido aos auxílios públicos que moradores passaram a ganhar, no decorrer dos anos. “No meu tempo, quando morava no interior, ninguém tinha esses auxílios que a prefeitura e o estado dão”.

Ele considera que Manaus está lidando melhor com as cheias, no transcorrer das décadas. “Tem aquela poesia bonita que diz assim: o Brasil está no melhor lugar do mundo e Manaus está no melhor lugar do Brasil”, disse.

Alguns moradores da cidade estão acompanhando os recordes de cheias há anos. É o caso da engenheira civil e professora universitária Rosiney Bastos, 53, que saiu de casa com o marido e filho, na manhã de hoje, para registrar uma nova peça de uma sequência de fotos cronológicas das enchentes do estado.

“Registramos a de 2009, quando meu filho tinha oito meses e hoje estamos tirando novas fotos. Queremos mostrar a linha do tempo, dele com aquela idade e de hoje, com 14 anos”, contou.

A assistente social Paula Suellen Melo, 37, foi ao porto de Manaus junto do pequeno Samuel, de oito anos, para testemunhar o momento histórico. Ela afirmou que enxerga despreparo do poder público da cidade no tocante a planos de antecipação às cheias.

“Acho legal a comoção das pessoas, mas também me sinto preocupada. Também sou moradora do interior e tenho casa no Careiro da Várzea. Lá, a água está invadindo as residências. Acho que medidas deveriam ter sido tomadas antes, não quando as águas já estivessem entrando nas casas de ribeirinhos e pessoas que moram em ‘palafitas’”, disse.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: