Rio Negro Clube será leiloado para pagar dívidas trabalhistas

O prédio do Atlético Rio Negro Clube, localizado na avenida Epaminondas, no Centro de Manaus, vai a leilão no dia 22 de março. Símbolo da história desportiva, social e cultural do Amazonas será vendido para pagamento de dívidas trabalhistas. O valor mínimo do lance será de R$ 9 milhões.

O prédio que foi local para tantas festas e comemorações da sociedade amazonense possui salão de dança, sala de reuniões, de jogos, bares, restaurante, banheiros, um parque aquático com duas piscinas, ginásio coberto com academia de ginástica e  piscina de hidroginástica.

Quem arrematar o prédio deverá pagar um sinal de 25% no ato da arrematação, comissão de 5% ao leiloeiro, com acréscimo de 1% se tiver havido remoção do bem para depósito.

O restante deverá ser pago em até 24h, diretamente na agência bancária autorizada, através de guia emitida na ocasião.  O sinal não será devolvido em caso de desistência, não pagamento do depósito do saldo remanescente, cheques sustado ou sem fundo. O arrematante que não pagar terá o cadastro excluído pelo prazo de três anos e responsabilizado penalmente.

No entanto, a compra do Rio Negro Clube pode ser parcelada de acordo com três requisitos: oferta de pagamento de pelo menos 25% do valor do lance à vista, podendo o restante ser parcelado 24 meses. com 1% de juros ao mês, mais correção monetária.

O leilão será virtual, com início às 9h30, no site www.amazonasleiloes.com.br.

Rio Negro Clube

Fundado pelo jovem Shinda Uchôa e um grupo de amigos em 13 de Novembro de 1913 quando, em um momento histórico, inauguraram a cerimônia “Porto de Honra”, quando brindaram com vinho do porto, bebido em autênticas taças francesas de cristal bacará, o Rio Negro Clube faz parte da história de Manaus.

Nasceu como Athletic Rio Negro Club, grafia que remetia à influência da cultura inglesa do início do século e foi aportuguesada para “Atlético Rio Negro Clube”. Faz alusão ao rio do qual Manaus está situada a margem esquerda. O que torna o Rio Negro um dos poucos clubes profissionais, senão o único que tem em seu nome uma homenagem a algo que de fato é regional. O que torna de longe o Rio Negro o clube mais ligado à imagem da cidade.

Início no futebol

O clube instituiu o time de futebol nortista que obteve várias vitórias e se tornou tradição na vida da cidade. Sua primeira competição oficial foi no Campeonato Estadual de 1914. Teve sua primeira conquista em 1921.  

Fez também diversas participações em torneios comemorativos e amistosos contra clubes locais e regionais, onde colecionou muitos troféus. Em 1966 estreou em Competições Nacionais representando o Amazonas na Taça Brasil de Futebol, sendo o segundo clube do estado a estrear na referida competição. Naquela Taça Brasil o clube enfrentou dificuldades para se deslocar e como o futebol do estado tinha saído recentemente do amadorismo o clube não obteve bom resultado na competição.

Em 1970 o galo alvinegro estreava e fazia sua única participação no Torneio Norte-Nordeste e obteve regular campanha. O Rio Negro é ainda um dos três clubes amazonenses que já jogaram a Série A do Campeonato Brasileiro, possuindo no total seis participações e somou também inúmeras participações na Série B, obtendo como um 9º lugar a melhor Campanha de um clube amazonense naquela competição. O clube possui também participações na Série C e Copa do Brasil. Têm também importantes conquistas, como a Taça Guiana Inglesa, disputada na cidade de Georgetown. Também foi campeão da Taça Amazônica de 1928, do Torneio Norte-Nordeste de 1975 e vice-campeão do mesmo em 1973, além do título da Taça Norte de 1986.

Sua última campanha a nível nacional foi na disputa da Serie C do ano de 2006, quando terminou em 16º na classificação geral, porem ainda é a segunda equipe amazonense em número de participações em campeonatos brasileiros, independente da divisão, atrás somente do rival Nacional.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: