Cabeleireiro é assassinado em casa no bairro São Jorge

Pela manha desta quinta-feira, o cabeleireiro José Said, de 60 anos de idade, foi encontrado morto pela mãe na cozinha da residência em que morava, situada a Rua 18 de Setembro, no bairro São Jorge, zona Oeste de Manaus. O corpo do cabeleireiro apresentava manchas de sangue com um corte na testa. Acredita-se que mais de uma pessoa tenha cometido o crime.

A mãe de José Said foi quem encontrou a vítima morta na cozinha. Mas, como sofre de Alzheimer não conseguiu reconhecê-lo. Um primo da vítima foi chamado para reconhecê-lo. ” Só viviam ela e ele na casa. Ele era uma pessoa maravilhosa, não tinha envolvimento com nada. Não bebia e nem fumava. Uma injustiça terem feito isso com ele”, disse Luís Carlos, primo da vítima.

Luís disse que José Said era cabeleireiro há 40 anos no bairro. E que era bem quisto por todos. “Espero que consigam resolver esse crime em nome de meu primo”, disse.

Os policiais da 21ª Companhia Interativa Comunitária( Cicom) atenderam a ocorrência e os peritos do Departamento de Polícia Técnico-Científica( DPTC) fizeram uma varredura na casa para encontrar vestígios que ajudem a elucidar o crime. O caso será acompanhado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros( DEHS)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: