Escritor amazonense Milton Hatoum é homenageado no ‘Memórias do Brasil’

O escritor amazonense Milton Hatoum será homenageado na série documental Memórias do Brasil desta sexta-feira (30). “Um clássico vivo”. Essa é a definição que o editor Luiz Schwarcz, da Companhia das Letras, deu ao premiado escritor. Intitulado O Manaus, o episódio celebra a trajetória do premiado escritor amazonense Milton Hatoum, autor de obras como Dois Irmãos, que já ganhou adaptação em uma série exibida pela TV Globo. A série é produzida pela empresa baiana Têm Dendê, e vai ao ar toda sexta-feira, a partir das 20h30, no canal Arte 1.

O episódio conta com depoimentos de escritores amigos de Milton, que é considerado um dos grandes escritores vivos no Brasil. Milton destaca na série o seu olhar sobre a literatura e as traduções de livros – a sua obra foi publicada em 14 países. Ele conta também sobre uma carta que recebeu de Jorge Amado, depois de enviar para o escritor baiano uma cópia do seu primeiro livro publicado, Relato de um certo Oriente.

Diretora do episódio, Walkiria Hamu destaca a importância de Hatoum para a literatura nacional: “Trabalhar com Milton Hatoum foi um presente. É raro encontrar um escritor do tamanho da sua obra, e ele o é. Impressionou-me a disponibilidade de todas as pessoas convidadas para falarem sobre ele. Milton é para ler, ouvir e rever sempre”.

Milton nasceu em 1952 em Manaus (Amazonas), onde passou a infância e parte da juventude. Em 1967 mudou-se para Brasília e por lá estudou no Colégio de Aplicação da UnB. Morou durante a década de 1970 em São Paulo, se diplomando em Arquitetura na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da USP, trabalhou como jornalista cultural e foi professor universitário de História da Arquitetura. Em 1980 viajou como bolsista para a Espanha, onde morou em Madri e Barcelona. Depois passou três anos em Paris – lá ele estudou literatura comparada na Sorbonne.

Sobre o ‘Memórias do Brasil’

Desde agosto em cartaz no Arte 1, a série Memórias do Brasil é assinada pela produtora baiana Têm Dendê e conta com episódios gravados na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e Pernambuco. Além do episódio em homenagem a Milton, a série documental revela as memórias de nomes como José Celso Martinez, Maria Alcina, Tuzé de Abreu, Nelson Rufino, Nildão, Gerônimo, Lia de Itamaracá, Lia Robatto, Mara Sales e Luiz Melodia. O programa tem direção geral de Vânia Lima e direção de episódios de Walkiria Hamu, Diogo Oliveira e Rodrigo Luna.

Memórias do Brasil é exibida toda sexta-feira, às 20h30, nos canais por assinatura Sky – 81; Net HD – 553; Claro TV HD – 553; Oi TV – 85; GVT – 84; Vivo TV – cabo 102; satélite 555; fibra 627. As reapresentações são aos domingos, às 18h.

*Com informações da Assessoria.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: