Policiais envolvidos em milícia são presos pela PC

Uma quadrilha de milicianos composta por cinco homens foi presa na noite desse domingo(19) pela Polícia Civil do Amazonas, por ameaçar e tentar expulsar famílias de residências na Zona Norte de Manaus.
Foram detidos o ex-policial militar Edmilson Alves Marques, 31; o servidor da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) de Manaus, Flávio Eugênio da Silva, 53; os policiais militares Luan Lucas Gomes Sales, 31, e Rafael Araújo da Silva, 31, e o agente penitenciário terceirizado Wellington Barbosa da Silva Miranda, 22.
Com eles foram apreendidos armamentos como pistola e munições, granadas, além de dois carros, colete balístico.
A ação aconteceu por volta das 8h30 e foi provocada a partir de acionamento pelo Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) , para verificar uma denúncia de ameaça. Uma família estaria sendo obrigada a desocupar um terreno situado na rua Raimunda Marques, loteamento Ribeiro Júnior, bairro Cidade Nova, zona norte da cidade por um grupo de milicianos. As denúncias dão conta que policiais estariam envolvidos no grupo.
“Realizamos diligências no local da denúncia e flagramos o grupo expulsando cinco integrantes de uma família de dentro da casa onde moram, momento em que interviemos. Durante a abordagem, os infratores ainda tentaram reagir às prisões, mas conseguimos fazer as detenções de todos”, explicou coordenador do Grupo Fera, Juan Valério
O coorenador explicou que o terreno era de interesse de de um empresário para o qual trabalhava o grupo de milicianos. As vítimas disseram ainda que vinham sofrendo ameaças. O delegado destacou que um dos milicianos, o ex-policial Edmilson Alves Marques, foi expulso da corporação há oito anos.

Materiais Apreendidos


Durante a ação, os policiais encontraram uma pistola 380, 11 munições intactas do mesmo calibre, dois carros, sendo um modelo Gol, cor cinza e placas JXH – 3371, e um picape modelo Triton, cor prata e placas NPA-0517, um colete balístico, uma faca, duas granadas de pimenta, além de uma quantia em dinheiro e cópias de documentos diversos.
A Polícia Militar do Amazonas (PMAM) declarou, em nota, que o caso está sendo analisado pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) da corporação, por envolver policiais, que serão afastados das suas atividades operacionais até a conclusão do processo.
O grupo foi conduzido para o 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), acusados de milícia particular, corrupção passiva, ameaça, esbulho possessório, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, ameaça e emprego de artefatos explosivos.

Materiais apreendidos: coletes, granada, armamentos, munições e quantia em dinheiro

Um comentário em “Policiais envolvidos em milícia são presos pela PC

  • 26/06/2020 em 5:39 am
    Permalink

    Thank you for the good writeup. It in fact was a amusement account it. Look advanced to far added agreeable from you! However, how can we communicate?

    Resposta

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: